Semana do Cravo publica Anais

A Semana do Cravo, que desde 2004 tem promovido o encontro de discentes, docentes e público em torno do instrumento, acaba de publicar a versão digital dos Anais da sua décima-quarta edição, realizada de 6 a 8 de novembro de 2017. Segundo o professor Marcelo Fagerlande, idealizador do projeto e desde o início seu coordenador, o objetivo da publicação “é contribuir de modo efetivo para as reflexões sobre o cravo e sua prática atual em nosso país”.

   Foto: Reprodução
  semanadocravo2016d
  Roberto de Regina (ao centro), homenageado em 2016, com Marcelo Fagerlande (à direira) e participantes do evento.

A Semana é uma iniciatica conjunta dos Programas de Pós-Graduação em Música (PPGM) e de Pós-Graduação Profissional em Música (PROMUS), e uma das suas práticas mais simpáticas é homenagear personalidades brasileiras e estrangeiras, que contribuíram significativamente para o desenvolvimento das atividades artísticas e didáticas do instrumento. Um rol que inclui nomes do quilate de Roberto de Regina, Huguette Dreyfus, Jacques Ogg e Helena Jank. 

Segundo Fagerlande, a edição dos Anais demonstra a diversidade de temas tratados − uma marca do evento, cujo foco tem sido a investigação e o resgate da história do cravo, sobretudo no Brasil, e aspectos da didática e da interpretação do instrumento.

– Iniciamos com textos sobre transcrição – com foco em José Maurício Nunes Garcia, Johann Sebastian Bach, François Couperin e Joseph Bodin de Boismortier. Seguimos com pesquisas sobre instrumentos musicais: um artigo sobre a importação no Rio de Janeiro, do período colonial ao final do primeiro reinado e uma comunicação sobre o cravo francês e o construtor Michael Mietke. A História também está presente, com um artigo sobre o cravo no Recife e o Movimento Armorial e outro sobre a flauta doce – instrumento tão familiar a todos os cravistas – e seus pioneiros em São Paulo e no Rio de Janeiro, no século XX. Finalmente, dois trabalhos apresentam reflexões sobre o cravo e as mudanças curriculares do bacharelado em instrumento na UFPE e sobre o ensino do instrumento no curso de extensão da Escola de Música da UFRJ.

Os interessados podem consultar os Anais, e baixa-los, a partir dos links no box a seguir.

capaanais14semanacravo  
Versão Digital  

Anais da XIV Semana do Cravo
ISBN 978-85-65537-14-8 (Publicado em 2018)

Coordenação
Marcelo Fagerlande

SUMÁRIO

Apresentação

Transcrições

Carlos Alberto Figueiredo
As transcrições de obras sacras de José Maurício Nunes Garcia: o Ingemisco do Requiem 1816 (Artigo)

Marcelo Fagerlande
Originais e transcrições: a liberdade de um repertório para dois cravos (Artigo)

Instrumentos

Erasmo Estrada
Mietke e o cravo Francês (Resumo)

Mayra Pereira
Evidências da importação de instrumentos musicais no Rio de Janeiro: do período colonial ao final do primeiro reinado (Artigo)

História

Patricia Michelini Aguilar
Os pioneiros da flauta doce em São Paulo e no Rio de Janeiro no século XX (Artigo)

Maria Aida Falcão Santos Barroso
O cravo no Recife e o Movimento Armorial (Artigo)

Ensino

Luciana Câmara Queiroz de Souza
O cravo e as mudanças curriculares do bacharelado em instrumento da UFPE (Artigo)

Clara Fernandes Albuquerque
Reflexões sobre o ensino de cravo no curso de extensão da Escola de Música da UFRJ (Artigo)

Última modificação emSegunda, 01 Outubro 2018 09:52
voltar ao topo

Correspondência

Programa de Pós-Graduação Profissional em Música da UFRJ (PROMUS)
Escola de Música - UFRJ
Edifício Ventura Corporate Towers
Av. República do Chile, 330
21o andar, Torre Leste
Centro - Rio de Janeiro, RJ
CEP: 20.031-170

(21) 2262-8742
promus@musica.ufrj.br

Redes sociais